Brasil

Luiz Couto apóia elevação do Forró a bem imaterial da Paraíba

Publicado dia 27/07/2017 às 09h40min
Para Couto, a identidade do povo paraibano está diretamente ligada ao forró e daí a necessidade de preservá-lo, divulgá-lo e destacá-lo como parte da cultura do Estado.

O mandato do deputado federal Luiz Couto (PT-PB) esteve presente em uma reunião realizada a pedido do Fórum de Forró de Raiz na Secretaria de Comunicação Institucional do Governo do Estado da Paraíba na manhã desta terça-feira, 25. O encontro que aglutinou representantes de diversos segmentos da cultura, universidades, Iphan e Governo, tratou da promoção, nos dias 21 e 22 de novembro, de um evento que terá dois momentos: em um discutirá a cultura nordestina. No outro, terá apresenttações musicais gratuitas de artistas paraibanos e nacionais que defendem o forró tradicional como expressão legítima do Nordeste.

O Fórum está discutindo a logística do evento e também busca apoio para tornar o forró um patrimônio imaterial da Paraíba, criando ainda um Plano de Salvaguarda, instrumento pelo qual se apóia a continuidade de modo sustentável de um bem cultural, atua-se para melhoria das condições sociais e materiais de transmissão e reprodução que possibilitam sua existência.

"A discussão é muito interessante e está na agenda do Governo, que se identifica com a valorização cultural do povo paraibano e suas expressões tradicionais", disse o secretário de Comunicação do Estado da Paraíba, jornalista Luís Torres.

Além dele, participaram da reunião o secretário de Cultura, Lau Siqueira; a presidente da Funesc, Nézia Gomes; o vereador de João Pessoa, Marcos Henriques; além da presidente da Associação Cultural Balaio Nordeste, Joana Alves e representantes dos mandatos do deputado federal Luiz Couto e da deputada estadual Estela Bezerra, do Iphan e da UFPB.

Fonte: Redação com ascom