Direto da Redação

Escândalo nos plantões do Hospital Clementino Fraga

Publicado dia 01/04/2017 às 09h28min | Atualizado dia 01/04/2017 às 09h44min
Apadrinhados e protegidos

"Não é de hoje que esse esquema vem se arrastando, mas não dava mais para ser cúmplice de todo esse desmando, mesmo sendo retaliados, resolvemos denunciar". Comenta, um dos servidores do Hospital, que temendo represália, não quis se identificar.

Na íntegra a denúncia de um funcionário: "Atualmente, eu e um grupo de profissionais de Enfermagem, estamos sendo perseguidos e assediados moralmente, dentro de nossa instituição, por nossa gerente de Enfermagem e diretora geral, Daina Souza e Adriana Teixeira. 

Entretanto, para um pequeno grupo, existe um protecionismo da gestão, como cito a situação da coordenadora Maria Aparecida A. Cavalcanti, em acumular a função de coordenadora setorial e a função de enfermeira diarista, no mesmo turno, em dois setores diferentes,  conforme denúncias em fotos, bem como,  a coordenadora setorial, Maria Amelia M. V. Oliveira, que esta na escala setorial em horario integral, conforme documentos apresentados na justiça. 

Pessoas com nome na escala, sem tirar plantão a citar: Sueli de Souza Ferreira Gracilene Rodrigues Xavier, onde as mesmas são lotadas na gerência de Enfermagem e, seus respectivos nomes na escala do setor de internamento, sem que as mesmas tirem que, por sinal, está última têm laudo médico, impossibilitando de atuar na assistência de Enfermagem."

Fonte: FolhadaPB