Direto da Redação

Ricardo Coutinho com habilidade provoca instabilidade nas oposições

Publicado dia 27/01/2018 às 09h11min
A oposição não se entende; Ricardo avança nos bastidores

A aposta de Ricardo Coutinho: 'usar' o senador Zé Maranhão ( que tá no jogo com o governador) para destruir internamente o bloco opositor, tirando alguns partidos da base de Luciano Cartaxo

Com o rebote, pós sucesso do possível racha, Ricardo vai tentar ampliar/agregar pra candidatura de João Azevedo, deixando espaço para Zé também ampliar. 

O objetivo de Ricardo Coutinho é provocar o segundo turno. 

Nesse sentido, vai trabalhar as duas candidaturas ( Zé Maranhão e João Azevedo ) no campo da situação, fazendo o enfrentamento com Luciano Cartaxo, provocando o segundo turno. 

A intenção de Ricardo Coutinho é clara: saindo do governo, bem avaliado, muito provavelmente vai querer voltar a governar a Paraíba nas eleições de 2022. 

As aferições que dispõe, mostram a dificuldade de impulsionar a candidatura de João Azevedo, mesmo com seu governo, desfrutando de um alto índice de popularidade.

Então, a saída foi infiltrar o senador Zé Maranhão para dividir as oposições, apontando para um acordo no segundo turno das eleições.

Já que Ricardo Coutinho, vai voltar a disputar o governo do estado no pleito de 2022, vai querer retornar, fazendo a disputa com um candidato fragilizado.

A eleição de Luciano Cartaxo, pode implodir toda base de sustentação que hoje segue a orientação de Coutinho.

 

Por Basílio Carneiro

Fonte: Redação