Entretenimento

Com apoio da PMJP, Muriçocas do Miramar arrasta multidão da Epitácio até a orla da Capital

Publicado dia 08/02/2018 às 10h48min
Além deles, participaram do desfile Os Ganzagas, Seu Pereira, Mafiota, Madu Ayá, Banda Nagibe, Capilé, Balada do Patrão, Bruno Batista, Urso Amigo Batucada, Baque Mulher, Nação Maracahyba e Combo X

Há trinta e um anos é assim: a quarta feira de fogo, que antecede o Carnaval em João Pessoa, reúne milhares de foliões, desde o bairro do Miramar até a orla da Capital, para acompanhar o bloco Muriçocas do Miramar. A tradição, mais uma vez, se cumpriu, e na noite desta esta quarta-feira (7), o bloco mais tradicional da cidade misturou ritmos, gêneros e compassos, num desfile que reuniu grandes nomes da musica paraibana e nacional.

Com apoio da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), o Muriçocas do Miramar contou como grande atração o consagrado Alceu Valença. “Parabéns João Pessoa, pelo Carnaval, pela alegria do seu povo e pela grande festa”, disse o veterano cantor durante o desfile, que contou com clássicos tradicionais como La Belle de Jour, Bom Demais, Bicho Maluco Beleza e Anunciação.

Outra grande tradição do Muriçocas é o seu Estandarte, cuja responsabilidade da confecção recai sobre um artista da terra. Este ano a artista plástica Karina Oliveira assinou a obra. Na avenida o mestre Fuba entoou o canto que todo folião sabe de co. “Estou muito feliz por mais esse Carnaval a frente das Muriçocas. Parabéns a Prefeitura de João Pessoa, a Funjope, pelo apoio”, disse o músico acompanhado da dupla Antônio Barros e Ceceu, homenageados pelo bloco.

Além deles, participaram do desfile Os Ganzagas, Seu Pereira, Mafiota, Madu Ayá, Banda Nagibe, Capilé, Balada do Patrão, Bruno Batista, Urso Amigo Batucada, Baque Mulher, Nação Maracahyba e Combo X. A mistura de ritmos e estilos agradou o público, como afirma o professor Antônio Sales Correia. “Muriçocas é isso. É nossa cultura reunida através da música. Eu já perdi as contas de quantas vezes eu saí no bloco, e não vou deixar de desfilar, porque cada ano é uma emoção diferente”, afirma.

Fantasiados ou não, os foliões são a marca do desfile do Muriçocas do Miramar. Durante o trajeto, diferentes gerações do bloco estavam presentes. “Eu estou vindo com meu neto”, diz a aposentada Cleide Maria. “Mas eu já vim sozinha e também com minha filha. Ou seja, várias gerações que amam as Muriçocas do Miramar”, concluiu.

Fonte: Redação com Secom