Justiça

Ex-prefeito de Sumé é condenado a três anos de prisão

Publicado dia 07/10/2017 às 10h43min
A decisão é do juiz Rodrigo Maia da Fonte, da 11ª Vara Federal


O ex-prefeito de Sumé, Francisco Duarte Silva Neto (Dr. Neto), foi condenado pela Justiça Federal a três anos e três meses de prisão, além de pagamento de multa de 10 salários mínimos. Ele ainda não poderá exercer função pública por cinco anos.

 A decisão é do juiz Rodrigo Maia da Fonte, da 11ª Vara Federal. O ex-prefeito é acusado de desvios de recursos da área de saúde.

 Apesar da condenação, ele não será preso, e a pena será substituída pela prestação de serviços à comunidade.

 Dr. Neto alegou inocência do caso.

Fonte: Redação