Paraiba

Projeto reconhece categoria funcional de polícia investigativa como carreira de nível superior

Publicado dia 21/04/2017 às 05h43min
Segundo Jutay, fica ainda obrigado que os órgãos devem promover as devidas atualizações nos cadastros e apresentação dos cargos.

O projeto de Lei (nº 1338/17) apresentado pelo deputado estadual Jutay Meneses (PRB), na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), nesta quinta-feira (20), reconhece como sendo de nível superior a categoria funcional de polícia investigativa, que integra os cargos de agentes de investigação e escrivão da Polícia Civil. A solicitação e a elaboração do projeto foram feitas pela Associação dos Policiais Civis de Carreira da Paraíba (ASPOL/PB).
 
A proposta se baseia no caráter multidisciplinar, técnico e científico das profissões, bem como pela complexidade e de atribuições e responsabilidades derivada da aplicação de conhecimentos das ciências humanas, sociais e naturalísticas, como determina a Constituição do Brasil.
 
 
“Este projeto vem concentrar todos os esforços para que a categoria funcional de polícia investigativa, que integra os cargos de agentes de investigação e escrivão da Polícia Civil seja reconhecida como sendo de nível superior. Essa foi uma necessidade que nasceu de dentro da própria corporação. Os policiais nos procuraram, sugeriram e nos ajudaram a redigir o projeto. Entendemos que é uma questão de justiça a essa categoria que presta um relevante serviço a todos os paraibanos”, destacou o deputado.
 
De acordo com o projeto, os atuais cargos de agente de investigação e escrivão que integram a polícia investigativa no Estado passarão a ter igual reconhecimento e definição em caso de mudança de denominação, agrupamento ou transformação dos cargos desde que inseridos na mesma natureza de atuação.

Fonte: Redação com Ascom