Paraiba

Prefeitura realiza o sonho da casa própria para famílias que viviam em imóvel abandonado

Publicado dia 10/08/2017 às 06h48min
“Eu estou muito feliz. A Prefeitura está realizando o sonho de uma vida. Graças a ela, eu terei uma casa. Minha casa”.

“Eu estou muito feliz. A Prefeitura está realizando o sonho de uma vida. Graças a ela, eu terei uma casa. Minha casa”. O relato emocionado da moradora Rosenilda de Souza reflete a realização do sonho de moradia compartilhado por mais 42 famílias que viviam no antigo prédio do DNIT, em Cruz das Armas, e foram relocadas para o Residencial Vista Alegre X, na manhã desta quarta-feira (9).

Rosenilda e sua família, o esposo Josenildo da Silva e os filhos Ivan e Manoel, moravam em situação precária em um ambiente invadido, há três anos. Ela foi contemplada com um apartamento no Residencial Vieira Diniz e revelou que quando começaram as primeiras reuniões ela percebeu que seria o início de uma nova etapa em sua vida.

“Primeiro houve um acompanhamento da Secretaria de Habitação. Eles conversaram conosco antes da mudança. Eu fico feliz em ter minha casa própria e com o cuidado que a Prefeitura teve conosco”, destacou Rosenilda.

Segundo dona Maria do Socorro da Conceição, que mora com mais oito familiares no local há quatro anos, a iniciativa da PMJP mudou sua vida para melhor. “Felicidade é ter uma casa, um teto, um lugar pra viver. O prefeito Luciano Cartaxo deu isso pra gente. Nos deu uma lar”, frisou dona Socorro, comovida.

Além do concreto – Esse projeto de habitação, no entanto, vai além da entrega das moradias e promove um acompanhamento social junto aos contemplados, nos períodos pré e pós entrega dos imóveis.

De acordo com a secretaria de Habitação, Socorro Gadelha, faz parte do projeto de habitação o desenvolvimento de um trabalho social mais amplo, que envolve campanhas educativas realizadas através de palestras, ações de cidadania, como também o acompanhamento através de visitas domiciliares e plantões sociais.

“Esse é mais um projeto que simboliza todo o trabalho que tem sido realizado para a redução do déficit habitacional em João Pessoa e para garantir uma moradia digna para todas as famílias que realmente precisam. Com essa obra, são mais de quatro mil unidades entregues em apenas quatro anos”, destacou Socorro Gadelha.

Joelma Medeiros, coordenadora de Projetos Sociais da Semhab, explica que o trabalho social é elaborado em quatro eixos, que são o de mobilização e organização comunitária, educação ambiental e patrimonial, desenvolvimento econômico e acompanhamento e gestão. “Este é um trabalho onde envolvemos assistentes sociais, pedagogos, economistas e profissionais da saúde”, completou.

Trabalho integrado – Além da Secretaria de Habitação, formam essa força tarefa a Secretaria de Orçamento Participativo (OP), a Coordenação da Defesa Civil (CMDC), Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Secretaria de Segurança Urbana e Cidadania (Semusb), Secretaria de Planejamento (Seplan), Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb) e a Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur).

Segundo o secretário adjunto da Semhab, André Coelho, “a Secretaria de Habitação, por orientação do prefeito Luciano Cartaxo, está resolvendo um problema histórico na Capital e consolida mais uma etapa para realizar um déficit habitacional”.

Fonte: Redação com ascom