Paraiba

Folha de servidores não concursados continua crescendo na Câmara Municipal de Campina Grande.

Publicado dia 08/01/2018 às 20h36min
Novembro 315 servidores elevando as despesas para o cofre público para R$ 887.427,00

Longe da crise financeira que assola o país a Câmara Municipal de Campina Grande segue aumentando suas despesas mês a mês. Segundo o Sistema de Acompanhamento da Gestão dos Recursos da Sociedade (SAGRES), do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, no mês novembro o Poder Legislativo campinense aumentou mais uma vez o número de servidores não concursados.

Confira a “evolução” do número de servidores contratados de fevereiro a novembro e os respectivos valores que saem dos cofres públicos mês a mês.

Em fevereiro o poder legislativo campinense possuía 256 servidores contratos sem concurso público, gerando uma despesa de R$ 709.308,00.

Em março o número subiu para 284 servidores com uma despesa de R$ 806.280,00

Em abril subiu para 296 servidores com uma despesa de R$ 824.705,00

Em maio 282 servidores com uma despesa de R$ 817.668,00

Em junho para 287 servidores e uma despesa de R$ 831,311,00

Em julho 295 servidores e uma despesa de R$ 849.691,00

Em agosto 299 servidores com uma despesa de R$ 850.438,00

Em setembro 313 servidores elevando as despesas para R$ 882.903,00

Outubro 314 servidores com uma despesa R$ 885.713,00

Novembro 315 servidores elevando as despesas para o cofre público para R$ 887.427,00

Em fevereiro a Câmara Municipal de Campina Grande tinha apenas 12 servidores efetivos, em novembro esse número caiu para 9, sendo os demais cargos ocupados por servidores comissionados ou contratações por “excepcional interesse público”, além dos 23 parlamentares e 6 servidos inativos e pensionistas. 

Fonte: Redação com vladimrichaves.com.br