Policial

PMDB: Deputado Celso Jacob é preso no desembarque do aeroporto de Brasília

Publicado dia 06/06/2017 às 16h17min
Jacob tinha sido condenado ainda em 2006, mas apresentou recursos

A Polícia Federal prendeu nesta terça-feira (6) o deputado Celso Jacob (PMDB-RJ), quando ele chegava do Rio de Janeiro, na companhia de outros parlamentares, ao aeroporto de Brasília. Ele foi condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) a sete anos e dois meses de prisão em regime semiaberto. 

A defesa de Jacob tinha apresentado recurso, que foi rejeitado pelo STF no final do mês passado. Na ocasião, a Primeira Turma do Supremo determinou então a imediata execução da pena, confirmando a condenação do parlamentar por falsificação de documento público e dispensa de licitação fora das hipóteses previstas em lei quando era prefeito de Três Rios (RJ).

Jacob foi acusado de contratar uma construtora inabilitada em licitação em 2002 para concluir, no final de 2003, a construção de uma creche. Para dispensar uma nova licitação, decretou estado de emergência na cidade, e ainda teria inserido crédito extra numa lei aprovada pela Câmara dos Vereadores, embora o projeto original não contemplasse o acréscimo. 

A defesa de Celso Jacob alega que ele agiu de acordo com recomendações técnica, que ele não gerou prejuízo para o município e que não teve responsabilidade na adulteração da lei.

Fonte: Redação com Jornal do Brasil