Policial

PF prende dois em João Pessoa em operação contra tráfico internacional de cocaína

Publicado dia 10/10/2017 às 09h56min
Dois mandados de prisão e um de busca e apreensão foram cumpridos na Operação Contentor na Paraíba.

Dois homens foram presos em cumprimento a dois mandados de prisão pela Polícia Federal no bairro do Altiplano em João Pessoa no início da manhã desta terça-feira (10) durante a etapa na Paraíba da Operação Contentor, que tem o objetivo de combater o tráfico internacional de drogas e está sob a responsabilidade da Polícia Federal de Santa Catarina. Além dos dois mandados de prisão cumpridos, a PF também cumpriu um mandado de busca e apreensão no mesmo apartamento onde os suspeitos foram presos.

Os dois presos foram encaminhados para a sede da Polícia Federal na Paraíba, na cidade de Cabedelo, na Grande João Pessoa, e devem ser transferidos ainda nesta terça-feira para a cidade de Joinville, em Santa Catarina. Conforme a Polícia Federal, os dois suspeitos são de São Paulo e estavam em João Pessoa desde a sexta-feira (6).
A Polícia Federal em Joinville iniciou a operação Operação Contentor no final do anos passado. Desde então, foram feitas cinco grandes apreensões de drogas, inclusive na Bélgica, somando cerca de duas toneladas de cocaína. Além de João Pessoa, a Polícia Federal cumpriu mandados em Joinville (SC), São Francisco do Sul (SC), Itapoá (SC), Garuva (SC), Santos (SP), São Paulo (SP), Recife (PE) e Rio de Janeiro (RJ).
Ordens judiciais foram cumpridas no bairro Altiplano, em João Pessoa (Foto: Walter Paparazzo/G1) Ordens judiciais foram cumpridas no bairro Altiplano, em João Pessoa (Foto: Walter Paparazzo/G1)
Ordens judiciais foram cumpridas no bairro Altiplano, em João Pessoa (Foto: Walter Paparazzo/G1)

Em paralelo a realização da Contentor, a Polícia Federal também deflagrou uma outra operação com o mesmo objetivo, a operação Oceano Branco. As ações fazem parte de investigações que já levaram à apreensão de mais de 10 toneladas de drogas no Brasil e Europa.
Cerca de 450 policiais federais e 25 servidores da Receita cumprem 104 mandados de busca e apreensão, 45 mandados de prisão preventiva, 15 de prisão temporária, 12 conduções coercitivas, sequestros de bens móveis e imóveis e bloqueio de contas bancárias em Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo, Pernambuco, Paraíba e Rio de Janeiro.

Fonte: Redação com G1PB