Política

Presidente do PT diz que não compõe com PSB se DEM estiver na chapa

Publicado dia 02/12/2017 às 07h18min
“Essa é a decisão do partido, se não tiver vaga para o nosso candidato na chapa, nós teremos um candidato avulso, mas o PT não vota em Efraim Moraes

O Partido dos Trabalhadores descarta qualquer aliança com partidos que tenham apoiado o impeachment da presidente da República, Dilma Rousseff. Na Paraíba, o presidente do partido, Jackson Macedo, além de ter descartado o PMDB, agora rechaça a participação dos Democratas na chapa majoritária do PSB.

Segundo ele, o PT vai participar da chapa majoritária com a indicação do deputado Luiz Couto para uma das vagas ao Senado Federal ou outro nome, caso Couto não queira entrar na disputar, mas o partido não vota em Efraim Moraes, que pretende também disputar o mandato de senador outra vez.

“Essa é a decisão do partido, se não tiver vaga para o nosso candidato na chapa, nós teremos um candidato avulso, mas o PT não vota em Efraim Moraes, nós vamos ter um candidato a senador para a esquerda votar nesse candidato. Sobre a Coligação, a priori, o PT da Paraíba é unânime em não fazer coligação com nenhum golpista”, ressaltou.

Para o presidente do DEM, Efraim Moraes, a coligação com o PSB aconteceu desde 2010, que prevaleceu para as eleições em João Pessoa, para a reeleição do governador Ricardo Coutinho e com certeza vai ser mantida em 2018, independente ou não da presença do PT.

“Nós queremos dar continuidade a esse projeto do PSB e vamos apoiar a candidatura de João Azevedo estando o PT ou não na coligação”, disse.

Contudo, Efraim não confirmou o seu nome na chapa, mas afirmou que o DEM pretende participar da chapa majoritária e que o nome só será discutido no próximo ano.

Fonte: Redação com pbonline