Saúde

PSORÍASE E MICROFISIOTERAPIA

Publicado dia 15/09/2017 às 09h06min
Psoríase tem a ver com insegurança emocional.

Psoríase é uma doença inflamatória crônica da pele, podendo afetar mucosas, unhas e até articulações. Cerca de 2-3% da população tem psoríase, que acomete homens e mulheres de qualquer idade, sendo frequente o seu aparecimento na terceira década de vida.

É caracterizada pela presença de lesões avermelhadas, bem delimitadas, descamativas,em qualquer parte do corpo. Apresenta período de melhora e piora ao longo da sua evolução. A psoríase pode levar a uma piora na qualidade de vida dos pacientes, devido ao preconceito das pessoas que os cercam.

É agravada por fatores psicológicos, estresse, frio, baixa umidade, ingestão de álcool e tabaco e corticosteroides. Não é contagiosa, sua causa mais frequente é genética associada a fatores psicológicos.

A Psoríase é uma das mais conhecidas formas de somatização. Lembrando que adoecimentos na pele costumam ter relação com a algum tipo de sofrimento advindo da relação do indivíduo com o mundo externo.

Dificuldade em impor limites e estabelecer fronteiras de contato bem definidas são características dos portadores desta patologia.
A Microfisioterapia tem obtido excelentes resultados com regressão da doença ou, em alguns casos, a parada de sua evolução. Sem medicamentos, através do toque terapêutico, o fisioterapeuta busca os sinais de bloqueios dos órgãos do paciente e dá o estímulo para a autocorreção.

 

FRASE DE CURA: Eu sou pacífico e seguro. Eu estou em paz com tudo na vida.
Fonte : Andrea Zuppini

 

Fonte: Redação