Home Policial Carlos Bolsonaro espalha fake news contra Lula impunemente

Carlos Bolsonaro espalha fake news contra Lula impunemente

A mais recente foi a de uma lancha, que não tem qualquer relação com o ex-presidente, e que não foi apagada pelo Twitter

Carlos Bolsonaro espalha fake news (Foto: Reprodução redes sociais)

Por Carolina Fortes, na Fórum – Mestre em criar fake news, o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos) espalhou uma notícia falsa horas após a mesma ter sido desmentida pela equipe do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O filho 02 publicou uma foto de um homem em cima de uma lancha escrito “Lulalu”, afirmando se tratar do petista.

“Nenhum dos arautos questionará mais essa coincidência do descondenado estar passando férias em iate chamado LULALU, que possivelmente custa mais de R$ 6 milhões, além de estar aglomerando e sem máscara?”, questionou Carlos. “De quem seria mais esse ‘pedalinho’ com muitos Ls? É do bem, deixa pra lá! Mas se fosse outro você já sabe! Tem muito método e muito, mas muito intere$$e envolvido!”, continuou o vereador.

“Bolsonaro não trabalha, só cria confusão”, diz Lula

Na manhã desta quarta-feira (12), no entanto, o próprio Lula citou a fake news ao afirmar pelo Twitter que Bolsonaro “não trabalha, não resolve problemas e dificuldades do povo, só cria confusão e espalha fake news”.

De acordo com nota publicada em seu site, “para desviar o foco de sua total incapacidade de governar o País, Bolsonaro mira em Lula, como sempre. A nova da vez diz que o ex-presidente foi flagrado na lancha Lulalu, de R$ 7 milhões, que pertenceria ao seu filho Lulinha, em Angra dos Reis (RJ)”.

O texto lembra ainda que “o site boatos.org, que já desmentiu muitas notícias falsas sobre Lula buscou ‘lanchas Lulalu’ e encontrou referências na Bahia, bem longe de Angra, e nada relacionadas ao ex-presidente. Sendo assim, o site diz não haver lógica na mensagem, nem prova das acusações feitas pelos bolsonaristas desesperados”

Postagem AnteriorApós Luciano Hang no Twitter, Malafaia é bloqueado no YouYube
Próxima postagemBrasil precisa evitar que Bolsonaro articule ação como invasão do Capitólio nos EUA, diz diretora da HRW