Home Brasil Malafaia associa vacinas a assassinatos de crianças e internautas pedem sua derrubada...

Malafaia associa vacinas a assassinatos de crianças e internautas pedem sua derrubada das redes sociais

Empresário da fé chamou a vacinação contra a Covid-19 em crianças de “infanticídio”

Pastor Silas Malafaia (Foto: Reprodução)

Por Ivan Longo, na Fórum – Na noite desta segunda-feira (10), a hashtag #DerrubaMalafaia foi para a lista de assuntos mais comentados do Twitter no Brasil. Isso porque usuários da rede social, incentivados pelo perfil “Desmentindo Bolsonaro”, cobram a retirada de um vídeo e punição ao pastor bolsonarista Silas Malafaia, que chamou a vacinação contra a Covid-19 em crianças de “infanticídio”.

Seguindo a narrativa de Jair Bolsonaro (PL), Malafaia postou um vídeo em que, além de associar a vacinação infantil a assassinato, afirma que não existiram casos suficientes de Covid em crianças a ponto de se necessitar de uma campanha de imunização para este público. O pastor, no entanto, omitiu que cerca de 2,5 mil crianças morreram de Covid no Brasil durante a pandemia.

“Silas Malafaia disse em seu perfil que vacinar as crianças contra a Covid-19 é um INFANTICÍDIO! Nos ajudem na tag #DerrubaMalafaia para que o @TwitterBrasil tome alguma atitude. Além disso denunciem como ofensivo, terrorismo ou outra opção”, convocou a página “Desmentindo Bolsonaro” após a postagem do pastor bolsonarista.

O Twitter, em suas regras, veda não só a divulgação de fake news, como fez Malafaia, como também possui uma política específica voltada para publicações relacionadas à Covid-19